Portuguese Surf Film Festival 2017 distingue mulheres

Entre 22 e 29 de julho, a Casa de Cultura João Jaime e Lobo, na Ericeira, recebe o Portuguese Surf Film Festival 2017, este ano com uma noite especial dedicada às mulheres.

Outra forma de falar de surf na Ericeira.

Tudo começou em 2011, depois de ter produzido uma curta-metragem com a qual venceu o primeiro lugar de um festival de surf, no Reino Unido. Também nesse ano, a Ericeira consagrava-se reserva mundial de surf, pelo que Susana Andrade tinha assim os ingredientes para doze meses depois criar o “Portuguese Surf Film Festival”. Cinco edições passaram e o festival regressa com um prémio dedicado às mulheres, o Women in Surf Films.

Susana Andrade é licenciada em Psicologia das Organizações e trabalha há mais de 15 anos na área de formação corporativa e motivacional. Empreendedora nata, a diretora do festival é uma apaixonada por inovação, estratégia e pela construção de um legado de vida. Nas suas palavras, “este festival é uma parte do meu legado”.

A edição deste ano conta com 23 obras selecionadas criteriosamente, o maior número de filmes alguma vez apresentado pelo festival. Sob o mote “Your Craft”, que visa homenagear quem vive a cultura do surf na sua arte, o verdadeiro destaque desta 6ª edição vai para o prémio Women in Surf Films, uma distinção que surge da constatação de Susana Andrade, através de estudos e estatísticas, de que Portugal é um dos países onde a indiferenciação de género a nível profissional é mais notória. Porém, vendo a forma como a presença feminina continua a ser uma minoria, esta categoria surge como um alerta e uma homenagem à “presença feminina no cinema de surf, seja na vertente de atleta, soul surfer ou até mesmo na realização”.

Na noite de 26 de julho vão ser projetados quatro filmes, todos eles com protagonistas do sexo feminino, mas apenas dois deles realizados por mulheres. O destaque vai para o filme “Blue Road” da campeã suíça Alena Ehrenbold, que estará presente como convidada especial e dará a sua perspetivas sobre o universo feminino no surf.

Consulte a programação aqui.