Como pedir (e conseguir) um aumento

Pedir um aumento é uma conversa difícil para a maioria das mulheres. Saiba como sentir-se confiante e aumentar as probabilidade de conseguir o que quer.

Se está convencida que merece um aumento, prepara-se para o conseguir.

Muitas mulheres sabem que merecem mais do que o que ganham, mas não ousam pedir um aumento. Ao contrário, a maioria dos homens não hesita em bater-se por ele, nem que para tal seja preciso levantar a voz ou dar um murro na mesa. Tipicamente, esta não é de todo a forma de agir do sexo feminino, por isso partilhamos alguns conselhos publicados no Ellevate que podem dar-lhe a confiança de que precisa para ter esta conversa com bons resultados.

Consegue justificar o aumento com base no seu desempenho nos últimos seis meses ou um ano?

A resposta deve ser sim. Faça uma lista com os objetivos que atingiu e os resultados que ajudou a empresa a conseguir. Depois releia-a e retire para uma lista secundária os feitos que fazem parte da mera descrição das suas funções e anote-os numa lista secundária.

Dos itens que mantém na lista principal, avalie como é que eles impactaram positivamente o negócio da empresa e procure quantificar esse impacto em termos de receitas e/ou de produtividade.

Ultrapassou o que era esperado de si?

Como diz Carla Harris na sua TedTalk, só quem excede o que é esperado é que deve ambicionar uma promoção ou um aumento, pois só assim se torna realmente relevante para a sua empresa. Mais uma vez, quantifique exatamente em que medida excedeu o que era esperado de si. O objetivo da sua equipa era aumentar as vendas em 15% e conseguiu quase 20%? Pediram-lhe que se empenhasse em criar uma equipa com maior equilíbrio de género em que as mulheres alcançassem uma representação de 25% e em apenas um ano alcançou os 30%? Como se costuma dizer “contra factos não há argumentos”, por isso estes serão os seus maiores aliados para um pedido de aumento.

Qual o montante que pretende?

Vá para esta conversa muito bem preparada também no que respeita aquilo que realmente deseja, até porque não lhe bastará um sim, precisará sempre de saber o valor desse sim.

Um ponto de partida para estes cálculos é usar aquilo que deu a ganhar a mais à empresa. Se os objetivos anuais eram o aumento de 15% nas vendas e conseguiu mais 5%, esta diferença pode ser uma referência para si. Vá também preparada para negociar outras coisas que não apenas mais dinheiro. Uma parte do aumento pode ser negociado em mais dias de férias, numa formação executiva ou no pagamento de uma semana para a família num bom hotel com tudo incluído, por exemplo.

É boa altura para pedir um aumento?

Cada empresa tem os seus timings de revisão salarial, mas também há que ter em conta outras eventuais condicionantes. Se os resultados do ano passado ficaram muito aquém do previsto ou a empresa está a despedir este pode não ser o momento propício para esta conversa. A menos que o seu departamento seja um oásis no meio dessa desgraça e que tenha proposto medidas para ajudar a empresa a ultrapassar esta fase e algumas deles já estejam a surtir efeito. Neste caso, deve usar estes bons argumentos a seu favor.

Está preparada para esta conversa?

Depois de responder a sim a todas as perguntas anteriores chegou a altura de antecipar a conversa. Antes de pedir a reunião, treine a forma como vai abordar a questão para se sinta confortável no dia D. É fundamental que tenha todos os argumentos na ponta da língua e que saiba até onde está disposta a negociar para que este conversa seja bem sucedida. Com uma boa preparação está mais segura e confiante para rebater cada argumento do seu interlocutor.

Está preparada para o não?

Esta resposta é uma possibilidade que deve ter presente. Não se deixe derrotar por ela, antes deve encará-la como uma boa preparação para a próxima abordagem. Retenha com atenção os argumentos que foram usados para que seja capaz de os rebater na próxima vez e não saia da reunião sem perguntar quando podem voltar a discutir este tema. Se as suas razões são sólidas não há razões para desistir.

 

Seja qual for a resposta deve orgulhar-se de ter tido esta conversa, pois são poucas as mulheres com coragem para tal. Mesmo sendo excelentes líderes de equipas e com desempenhos acima da média, pedir um aumento ou uma promoção continuam a ser conversas difíceis para a maioria. Encare esta primeira vez como um treino e não pare de treinar até conseguir o que quer.