Elvira Fortunato premiada pela Apigraf

A Associação das indústrias gráficas e transformadoras do papel distinguiu a cientista da FCT Nova com o Prémio Prestígio 2017.

Elvira Fortunato é considerada como uma das Mulheres Mais Influentes de Portugal, prémio atribuído pela Executiva.

Elvira Fortunato, professora da FCT NOVA que se notabilizou, entre outros feitos, por ser a primeira cientista portuguesa a receber o prestigiado prémio da European Research Council, foi ontem galardoada com mais uma distinção: o Prémio Prestígio 2017, atribuido pela Apigraf.  A Associação entregou ontem também os prémios Excelência Empresarial a 10 empresas, distribuídas por quatro categorias: Grandes, Médias, Pequenas e Melhor Microempresa Associada, que se destacaram nos setores das indústrias gráficas e transformadoras do papel, tendo por base um conjunto de critérios objetivos definidos em colaboração com a Informa D&B, que identifica as premiadas.

Na cerimónia Elvira Fortunato apresentou o seu trabalho na área da electrónica de papel e transparente, não deixando de sublinhar que não se trata de um trabalho solitário, mas de uma vasta equipa que integra o Cenimat, o Centro de Investigação de Materiais que integra o i3N – Instituto de Nanoestruturas, Nanomodelação e Nanofabricação, com particular destaque para Rodrigo Martins, o seu marido. Reveja o vídeo da talk na FCT-NOVA.

Elvira Fortunato foi recentemente entrevistada pela conceituada revista científica Chemistry World da Royal Society of Chemistry, que sublinha as várias realizações alcançadas, com destaque para a sua nomeação para o High Level Group de sete conselheiros científicos do Science Advice Mechanism (Sam) da Comissão Europeia.

Releia a entrevista de Elvira Fortunato à Executiva, por ocasião da atribuição do prémio às  20 “Mulheres mais influentes de Portugal” que o nosso site e revista lhe atribuiu pelo segundo ano consecutivo.