Sexta-feira, 13 outubro 2017

Todos sabemos que correr uma maratona é uma prova de resistência. Mas apenas aqueles que completam um pouco mais de 42 quilómetros sentem as bolhas, as dores e os desconfortos que acompanham a façanha. Esta é a diferença entre conhecer alguma coisa e experimentá-la. Na vida, quando se começa a “conhecer algo de verdade” pela primeira vez, também se vai assumindo as consequências. À medida que se faz isso, inicia-se o processo para o entendimento do abismo existente entre planos e realidade. O mais importante neste percurso será estar preparado para os obstáculos e imprevistos, e ter na mente alternativas “quase impossíveis”.