A agenda de Cristina Jorge de Carvalho

A designer de interiores mostra como consegue esticar o dia para dar conta do trabalho no seu atelier, sem no entanto, descurar o seu equilíbrio e bem estar.

Cristina Jorge de Carvalho procura fazer uma gestão rigorosa da sua agenda.

Formou-se em Gestão de Empresas mas rapidamente descobriu que a sua paixão era outra. A arquitetura e o design de interiores eram mais apelativas do que os números e Cristina Jorge de Carvalho voou para Londres para fazer uma especialização em Design de Interiores na Inchbald School of Design. Desde que fundou o seu atelier há 15 anos já perdeu a conta aos trabalhos. Os clientes vêm de todos os lados do mundo e a designer e a sua equipa têm obra feita em hotéis, Spa’s, mas também em escritórios, lojas e residências privadas. Os seus trabalhos embelezam as páginas de grandes revistas internacionais de arquitetura e design e os prémios que tem recebido são mais uma confirmação de que seguir a sua paixão foi uma decisão acertada.

 

7h30/8h30

Hora de acordar, às vezes mais tarde, dependendo do dia anterior.
 Faço a minha meditação matinal e tomo o primeiro pequeno-almoço enquanto leio notícias, artigos e passo os olhos pelas redes sociais. Aproveito também para ver e-mails, enviar alguns e responder a outros. Duas vezes por semana vou ao ginásio onde faço uma aula ou treino com um personal trainer. Outras vezes treino em casa. Segue-se o segundo pequeno-almoço e vou para o atelier.

Almoço normalmente na secretária, onde aproveito para ver e responder a e-mails.

10h30

Começo o dia no atelier com reuniões com as várias pessoas da minha equipa. Cada projeto é acompanhado diariamente. O envolvimento de cada pessoa da equipa é essencial e trabalhamos todas com uma paixão imensa por cada projeto. Por vezes estas reuniões sucessivas prolongam-se até ao final do dia. Non stop!

A natureza do meu trabalho implica a inexistência de uma rotina. Há manhãs que podem ser inteiramente dedicadas a outros temas, como reuniões com clientes ou fornecedores, reuniões via skype com clientes internacionais, entrevistas, visitas a obras, visitas a galerias de arte para escolher obras para os meus clientes, pesquisa de peças especiais para os projetos, compra de peças para o showroom, onde procuro apresentar uma seleção cuidada de peças que podem ser adquiridas tanto por clientes com projetos como por clientes que procuram apenas uma peça de mobiliário especial ou um objeto decorativo. Dificilmente tenho dias idênticos.

Dedico duas tardes da semana a questões administrativas e quando preciso de pensar num novo projeto encerro-me na minha sala, sem interrupções.

13h00

Almoço normalmente na secretária, onde aproveito para ver e responder a e-mails. Noutros dias, almoço com clientes ou com amigos num restaurante perto do atelier.

Cristina escolhe rigorosamente as peças para o seu showroom.

O atelier de Cristina é uma montra do seu talento.

15h00

Entre criar, desenhar e acompanhar o desenvolvimento dos novos projetos, as horas passam a correr. Dedico duas tardes da semana a questões administrativas e financeiras. Por outro lado, tenho dias dedicados exclusivamente à criação de um novo projeto ou de peças para as minhas coleções de mobiliário e tapetes e, nestes dias, encerro-me na minha sala, ligo a música e passo o dia a criar, sem interrupções. As tardes de sexta-feira são dedicadas ao equilíbrio e ao bem-estar: acupuntura, tratamentos e massagens preenchem a minha tarde. Preparo-me desta forma para o fim-de-semana.

Uma vez por mês há uma happy hour com a equipa para celebrar o trabalho que fazemos com paixão.

19h30 | 20h00

Saio do atelier. Aproveito o caminho para casa para falar com amigos e família. Duas vezes por semana passo a buscar o meu filho no Taekondo a aproveito para ter uns momentos a sós com ele. Uma vez por mês, temos uma happy hour com toda a equipa. Abrimos uma garrafa de champagne no showroom ou vamos a um bar e celebramos o trabalho que tão apaixonadamente fazemos todos os dias.

20h30 | 21h00

Hora de jantar, normalmente em casa com os meus filhos. Hora de falar sobre o dia e sobre tudo. São conversas intermináveis que alguns dias se prolongam até tarde.

Outras noites podem ser passadas a jantar fora com amigos, numa festa ou uma vernissage, especialmente ligada à arte, um mundo que me apaixona e que é uma constante fonte de inspiração.

Antes de ir para a cama faço a minha meditação ou posso começar a trabalhar e perco-me nas horas…

22h00

Tempo dedicado à leitura e a atualizar-me. Aproveito também para falar com alguns amigos e posso acabar a noite a ver um filme ou uma série.

24h00

Hora a que normalmente faço a minha meditação e vou para a cama.
 Noutros dias, muitos!, (coisa que tento fazer cada vez menos), super inspirada começo a trabalhar, a desenhar, a criar… E perco-me nas horas! Deito-me muito tarde, mas feliz com tudo o que criei.

Tal como os meus dias, as minhas semanas normalmente não são iguais. O meu mês é também pontuado por viagens para fora de Lisboa para visitas a obras em curso e para o acompanhamento da produção de peças da minha coleção de mobiliário (Cristina Jorge de Carvalho – Furniture Collection) e da minha coleção de tapetes (Cristina Jorge de Carvalho – Rug Collection). Outras viagens ao estrangeiro levam-me a exposições de arte ou de design, a antiquários onde procuro peças únicas e a reuniões com alguns dos meus clientes internacionais.

There’s never a dull moment!