O que usar numa entrevista de emprego

O dress code numa firma de advogados não é necessariamente igual ao de uma agência de publicidade, por isso a forma como se veste para a entrevista de emprego deve refletir a cultura da empresa. Saiba quais as melhores escolhas de peças e cores, que erros evitar e como mostrar a sua imagem mais profissional.

Fatos de tons mais escuros continuam a ser um clássico, para quem se candidata a um emprego mais formal.

Pode ser o momento que decide o futuro da sua carreira, por isso a entrevista de emprego é sempre encarada com alguma expectativa e ansiedade de causar boa impressão. Se é fundamental mostrar o que vale ao entrevistador, falando da sua experiência profissional, aptidões técnicas e interpessoais, não menos importante é mostrar-se confiante e com uma imagem adequada e profissional. Até porque a primeira impressão também é construída a partir das peças que escolheu vestir, do cabelo, maquilhagem e outros pormenores. Quanto mais confiante e segura se sentir com o seu look, mais se poderá centrar em criar empatia com o entrevistador, focar-se no que realmente interessa e assim conquistar o emprego.

Esta é uma daquelas ocasiões em que “menos é mais”, a nível de look. Por isso deve apostar numa imagem cuidada, simples e elegante, que transmite uma mensagem de respeito para com os seus interlocutores e atesta a importância que atribui àquele momento e potencial empregador. Para tal, deve recolher o máximo de informações sobre a cultura da empresa e o dress code seguido, de modo a apresentar uma imagem que se identifique o mais possível com os valores da empresa.

Tipos de Dress Code

Escolha um look que se adapte ao tipo de empresa ao qual se candidata. Da mesma forma que na Banca não esperam encontrar uma candidata de jeans e ténis, quem se propõe a carreiras em áreas mais criativas não precisa de se apresentar com fatos em tons escuros — de facto, um pouco mais de originalidade até pode favorecê-la.

Formal e contemporâneo (exemplo: áreas jurídica, financeira ou banca)

Peças mais adequadas: Fato completo de calças ou saia, com camisa de seda ou algodão ou uma camisola. Vestido de corte simples. Acessórios discretos.

Os tons mais escuros, como o preto, cinzento escuro ou azul escuro, projetam uma imagem de mais respeitabilidade e sobriedade.

Casaco Sintesis, €149

Calças Amitié, €39,99

Mais informal (exemplo: recursos humanos, secretariado, administrativa)

Peças mais adequadas:  Calças com camisa simples e um casaco de malha, ou vestido com um cardigan de linhas sóbrias.

O azul escuro é quase sempre uma boa opção por ser uma das cores mais elegantes que podem ser usadas numa entrevista, independentemente do grau de formalidade.

Top Sintesis,€59,99, colar Sfera, €7,99

Calças Elogy, €29,99

Informal criativo (exemplo: áreas de media, marketing, publicidade e comunicação)

Peças mais adequadas: Opte por um look mais de acordo com as novas tendências. Padrões estampados também são bem-vindos e os acessórios podem ser mais atuais e destacar-se.

Pode apostar na mistura de cores, que já poderão ser mais vibrantes.

Camisola Amitié, €34,95; colar, €7,99

Calças Sintesis, €69,99

 

Para um look impecável

Independentemente do visual pelo qual opta, a roupa deve estar imaculadamente limpa e passada ferro. Opte por sapatos de salto não muito alto — favorecem quase sempre, tornando-a mais elegante. Evite calçado demasiado informal, como é o caso de algumas sandálias e ténis.

O cabelo deverá estar bem arranjado e lavado. Esqueça os penteados mais elaborados mas, se quiser apostar num estilo mais sóbrio e se ficar bem de cabelo apanhado, é sempre uma excelente opção. Opte por acessórios discretos e lembre-se que neste capítulo menos é mais — não combine demasiados, como brincos, pulseiras, colares e anéis.

Não esqueça a maquilhagem. Mesmo que não tenha por hábito usá-la no dia a dia, pode e deve tirar o melhor partido dela para realçar os seus melhores traços, harmonizá-los e apresentar uma tez mais homogénea. No entanto, ela deve ser sempre suave e discreta, por isso evite o excesso de base e sombras fortes, pois pode podem dar-lhe um ar ‘plástico’ e artificial.

As suas mãos também devem estar cuidadas, com unhas bem arranjadas, curtas e limadas. As melhores cores de verniz a usar são o branco leitoso, os tons pastel ou os vermelhos.

O QUE NÃO DEVE MESMO USAR

— Evite por completo decotes pronunciados, roupa muito justa, saias muito curtas — o ideal será um comprimento abaixo do joelho — tecidos transparentes, bem como vestidos ou saias de malhas para as entrevistas mais formais. As t-shirts também não são as opções mais adequadas.­
— A roupa deve assentar bem no corpo e ter as proporções certa. Peças que lhe estejam grandes, por exemplo, poderão transmitir uma imagem descuidada e de desleixo.
— Usar um perfume demasiado intenso. Um perfume floral pouco intenso ou uma água de colónia são escolhas quase sempre mais felizes.