A primeira presidente da câmara de Paris acredita que a empregabilidade das mulheres é um fator de sustentabilidade para a sua cidade e para o seu país. Por isso a rede pública de creches e jardins de infância tem sido uma forte aposta do município.