Schneider Electric reforça a presença feminina nos seus cargos de liderança

Sónia Fontoura assume o cargo de diretora para a área de End Users, Inês Rodrigues o de diretora para a área de negócio Industry e Rita Miguéis o de diretora financeira.

Sónia Fontoura, Inês Rodrigues e Rita Miguéis assumem maiores responsabilidades na Schneider Electric.

A Schneider Electric, líder na transformação digital em gestão de energia e automação, acaba de reforçar as competências da sua direção na área da transformação digital. A nomeação de três mulheres, Sónia Fontoura como Diretora de End Users, Inês Rodrigues como Diretora da área de negócio Industry e Rita Miguéis como Diretora Financeira, assinalam também o compromisso da empresa com a diversidade.

Sónia Fontoura, nomeada diretora de End Users, é licenciada em Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa, tendo ainda uma Pós-Graduação em Finanças e Controlo de Gestão e um Mestrado em Contabilidade, ambos pelo ISCTE. Com mais de 20 anos de experiência em funções ligadas a Controlo de Gestão e Auditoria Interna, exerce funções na Schneider Electric desde julho de 2015 e até agora como diretora financeira.

Inês Rodrigues é licenciada em Engenharia Química pelo Instituto Superior Técnico, tendo completado a sua formação com um Mestrado Executivo em Gestão, com especialização em Desenvolvimento de Liderança. Com mais de 18 anos de experiência nas áreas Comercial e de Desenvolvimento de Negócio no setor industrial, assume a direção da área de negócio Industry na Schneider Electric.

Rita Miguéis é licenciada em Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), tendo complementado a sua formação com um Mestrado Executivo em Finanças e Controlo Empresarial pelo ISCTE. Com cerca de 14 anos de experiência na área de Finanças e Controlo de Gestão, assume agora o cargo de diretora financeira da Schneider Electric Portugal.