Sara Santos será CEO por um mês na Adecco

Durante o mês de julho, Sara Santos será a sombra de Carla Rebelo, diretora-geral da Adecco em Portugal, acompanhando de perto todas as atividades da executiva na empresa líder mundial de Recursos Humanos.

Sara Santos conquistou o lugar de "CEO por um Mês" na Adecco Portugal.

Está encontrada a finalista portuguesa do programa internacional “CEO por um Mês” deste ano. Sara Santos foi a jovem selecionada para acompanhar Carla Rebelo, diretora geral da Adecco Portugal, durante o mês de julho. Neste período, a jovem, além de acompanhar de perto a gestão da empresa líder mundial de Recursos Humanos, terá ainda um conjunto de desafios que podem levá-la a ser escolhida entre os finalistas dos 48 países que participam neste programa para acompanhar o CEO do Grupo, Alain Dehaze.

Sara Santos, 23 anos, tem um bacharelato em Economia, da Universidade do Algarve, tendo estado um semestre em Mannheim, na Alemanha, onde estudou Pensamento Computacional, Gestão do Conhecimento Corporativo, E-Business Comportamental e Alemão. Atualmente, frequenta o mestrado em Finanças, na Universidade Católica de Lisboa. Em termos profissionais, Sara Santos fez um estágio de verão no Grupo SIBS, um estágio em Business Development na Neoception GmbH, na Alemanha, e também passou pelo Banco de Investimento Global.

Sara Santos venceu aquela que é a iniciativa mais marcante que o Grupo Adecco desenvolve a nível internacional, para apoiar o desenvolvimento e a entrada de jovens no mercado de trabalho. Este ano, o programa “CEO por um Mês” registou, em Portugal, o triplo das inscrições de 2017. Foram mais de 1230 os jovens que aceitaram o desafio da Adecco, sendo 52% dos inscritos do sexo feminino.  Para Carla Rebelo, responsável da Adecco em Portugal, “a adesão é reveladora da necessidade sentida pelos jovens de conseguirem ter acesso a experiências que lhes permitam complementar a aprendizagem adquirida no sistema de ensino, bem como de terem a oportunidade de demonstrar o seu valor e talento”.

O “CEO POR UM MÊS” DA ADECCO

Como parte do programa Way to Work, o Grupo Adecco oferece aos jovens uma oportunidade única de se tornarem CEO por um mês. O programa “CEO por um Mês” engloba 48 países, e o primeiro passo é que os candidatos se inscrevam para se tornarem CEO por um Mês no país de residência. No final do programa, chega-se a uma lista de 10 candidatos, de onde sairá o escolhido para se tornar CEO global por um mês. Sob a supervisão direta de Alain Dehaze, o CEO global do Grupo Adecco, este jovem eleito vai ‘espreitar’ como é gerir uma empresa multinacional com 33 mil funcionários e 23 mil milhões de euros de volume de negócios. Um desafio tão aliciante, que levou a que, em 2017, se candidatassem mais de 117 mil jovens a esta iniciativa.

Este programa é iniciativa mais visível da Adecco no combate ao desemprego jovem, que em Portugal se situa acima dos 20, e com ela o Grupo aposta fortemente na formação vocacional para integrar os jovens no mercado de trabalho, procurando colmatar falhas do tradicional sistema educativo.