Paulo Neto: Falar sem comunicar…

Paulo Neto sobre os desencontros da comunicação.

Paulo Neto, fundador da Building Bridges.

Texto de Paulo Neto, Coach ICF ACC , Team and Agile Coach, Facilitador e fundador da Building Bridges

Falar sem comunicar é algo que acontece cada vez mais. A velocidade em que a sociedade nos embala leva-nos para um ponto e não para um campo aberto de oportunidades. Acontece com regularidade duas pessoas dizerem o mesmo de forma diferente e gerar-se uma discussão por não conseguirem entender o que a outra está a dizer!

Para comunicar, a primeira coisa é ter a atenção do seu interlocutor ou audiência. Falar sem ter atenção é perder tempo e arrisca-se caminhar para uma troca de palavras infrutífera ou mesmo para o conflito.

Quando para ser escutado se opta por falar mais alto, precisamos de ter a consciência de que essa escolha pode ter o efeito contrário. Falar baixo é muito eficaz porque activa a atenção dos outros, contudo é uma opção pouco utilizada!

As divergências derivam muitas vezes de não ser dado contexto à mensagem permitindo que se criem sentidos diferentes. O argumento usado é a necessidade de ser rápido, de não perder tempo. Pare um pouco e pense no tempo que pode precisar para desfazer um mal-entendido.

Agora, vá para os conteúdos e se o tema for importante prepare-se, sobretudo quando a conversa é curta. Facilitar não ajuda.

Antes de terminar a conversa, confirme que o entendimento é semelhante e se for o caso, garanta o compromisso. Caso não tenha atingido o objetivo, dê nota de que é necessário voltar ao tema.

Ofereça um pouco mais de si, da sua atenção, e vai receber o retorno. Provavelmente maior do que espera!

Parceiros Premium
Parceiros