Fidelidade: melhor Direção de RH e em Responsabilidade Social

A Fidelidade foi distinguida como a melhor empresa na promoção de iniciativas e práticas de Responsabilidade Social que envolvem os seus colaboradores e como a melhor Direção de Gestão de Pessoas/Resursos Humanos. Estes prémios “As empresas mais”, promovidos pela Human Resources Portugal, têm o rosto de duas executivas: Joana Queirós Ribeiro e Ana Fontoura.

Joana Queirós Ribeiro e Ana Fontoura: duas gestoras premiadas

Os leitores da Human Resources Portugal elegeram a Fidelidade como uma das empresas que consideram ter tido o melhor desempenho em diversas áreas relacionadas com a Gestão de Pessoas e como tendo as melhores práticas de Responsabilidade Social e a melhor Direção de Gestão de Pessoas,

Para Ana Fontoura, diretora de Gabinete de Responsabilidade Social da Fidelidade e membro do Conselho Editorial da Executiva, este prémio “é o reconhecimento de um trabalho diário que a Fidelidade faz com paixão, pelas pessoas, as nossas e as que nos rodeiam.  Estamos sempre tão envolvidos nas nossas ações, a fazer o melhor que sabemos que, quando recebemos estes prémios, ‘acordamos’ e percebemos que estamos a fazer bem o bem!”

Por seu turno, Joana Queiroz Ribeiro, diretora de Pessoas e Organização da Fidelidade, afirma: “Ganhar este prémio é uma honra enorme para mim, acima de tudo o reconhecimento do trabalho de uma equipa excecional numa empresa que nos dá espaço para sonhar e realizar sonhos. Cuidar das nossas pessoas e dos nossos clientes faz-nos trabalhar com paixão e permite-nos usar a experiência de todos para nos superarmos… para fazermos bem o bem.”

Com esta distinção, a Fidelidade reforça o seu compromisso com os colaboradores, de promover ativamente políticas de promoção de saúde e de bem-estar e que conciliem a atividade profissional com a pessoal. A Fidelidade é a seguradora líder de mercado (30,7%) em Portugal, tanto no ramo vida como não vida. A companhia tem a maior rede em Portugal, estando também presente noutras geografias, nomeadamente Angola, Cabo Verde, Moçambique, Espanha, França e Macau.