Encontros Femina
com Cândida Rocha e Silva

A presidente do Banco Carregosa foi ontem a convidada de honra de mais um Encontro Femina, promovido pela Matriz Portuguesa.

Maria Cândida Rocha e Silva, do Banco Carregosa, com João Micael, da Matriz Portuguesa

Maria Cândida Rocha e Silva foi a convidada de honra dos Encontros Femina promovido pela Matriz Portuguesa, que decorreu ontem ao final do dia no Museu do Oriente. Ao longo de quase uma hora de conversa, a presidente e fundadora do Banco Carregosa partilhou com a assistência os desafios do seu percurso profissional e a importância da diversidade de género nas empresas e da necessidade de haver mais mulheres em cargos de liderança. “No Banco Carregosa não existe desigualdade salarial entre homens e mulheres”, destacou a que foi a primeira corretora da Bolsa em Portugal e é a única mulher banqueira, desde que, em 2008, transformou a Sociedade Financeira de Corretagem L. J. Carregosa em banco.

Os Encontros Femina – Pensar, Querer, Realizar em Português são uma iniciativa da Matriz Portuguesa, que pretende promover a discussão e reflexão sobre os novos desafios mundiais na perspetiva da mulher na Lusofonia. João Micael, diretor-geral da Matriz Portuguesa criou em 2010 o Prémio Femina, que distinguiu em 2014 Maria Cândida Rocha e Silva por méritos relevantes no Empreendedorismo e Excelência Profissional. As vencedoras da edição de 2015 serão conhecidas no próximo dia 28 de novembro.