8 dicas para encontrar emprego no LinkedIn

Um perfil de Linkedin negligenciado pode ser prejudicial na procura de emprego. Saiba como melhorar este cartão de visita e causar uma forte primeira impressão em potenciais empregadores.

O perfil de LinkedIn funciona como um cartão de visita junto dos empregadores.

A importância do LinkedIn na procura de trabalho é inquestionável nesta era digital.  E para o ajudar a encontrar o emprego que realmente lhe “encha as medidas”, a Adecco avança com algumas dicas preciosas.

1. Foto de perfil
Não incluir uma foto no seu perfil torna-o impessoal. Utilize uma fotografia recente e mantenha-a atualizada. Além disso, esta deve mostrar o seu lado profissional e ser tirada para o efeito. Sorrir é sempre uma boa opção, pois mostra que é alguém de fácil trato.

2. Crie uma URL personalizada
Quando criar uma conta no LinkedIn, é-lhe atribuída automaticamente uma url que contém uma combinação de números e de letras. Pode editá-la para que inclua o seu nome. Quando alguém fizer uma pesquisa com o mesmo nome no Google, o seu perfil do LinkedIn vai aparecer mais bem posicionado nos resultados.

3. Aposte nas palavras-chave
Na descrição das atividades de cada trabalho, por exemplo, utilize termos diversificados para definir o que faz. Até mesmo para o nome da função podem existir nomenclaturas diferentes. Utilize as variações a seu favor. Quanto mais palavras-chave em comum com o que o recrutador procura, melhor.

4. Participe em grupos da sua área de especialidade
Se não se sentir à vontade para adicionar pessoas desconhecidas – embora também seja relevante nesta rede social, já que um dos objetivos é aumentar a sua rede de contactos – pode participar em grupos e conhecer alguns profissionais da sua área.

A sua atividade regular na rede aumentará a sua relevância para o algoritmo e também estabelecerá um relacionamento com utilizadores importantes no seu setor de atividade.

5. Recomende conexões
Quanto mais recomendações tiver, mais relevante é o seu perfil. Colegas de trabalho ou de formação, chefes, parceiros de negócio, sócios, clientes e outros stakeholders certamente trarão benefícios para a sua visibilidade na rede. Lembre-se que se recomendar outras pessoas a possibilidade de ser recomendado aumenta.

6. Aposte em artigos e publicações
Publicar artigos sobre temas que domina e conteúdos relevantes podem também levar a um aumento dos seus contactos e que empresas e potenciais recrutadores o conheçam um pouco melhor.

7. Escolha um bom título
O título é o que fica abaixo do seu nome. Escolha palavras-chave fortes que transmitam o que faz e/ou pretende fazer no futuro. Lembre-se de que as primeiras impressões do seu perfil são feitas em função da informação que coloca neste título profissional. Deve criar impacto a quem o vê pela primeira vez. Os recrutadores querem saber quem é, que experiências tem e que mais-valia pode trazer às empresas.

8. Destaque as principais funções em cada cargo
Na informação acerca da sua experiência profissional, além do nome do cargo, faça uma breve descrição com as principais atividades que exerceu em cada um.