Executiva Monday Boost com… Maria João Carioca

Maria João Carioca faz parte da Comissão Executiva da Caixa Geral de Depósitos. Saiba que livros estão a prender a sua atenção, que newsletter segue diariamente e o restaurante que escolhe para almoços de trabalho.

Maria João Carioca é administradora e membro da Comissão Executiva da Caixa Geral de Depósitos.

Maria João Carioca é administradora e membro da Comissão Executiva da Caixa Geral de Depósitos desde 2017, onde já ocupara idênticas funções entre 2013 e 2016. A executiva iniciou a carreira na McKinsey, onde esteve 11 anos, passando depois pela Unicre, pela Multicert e pela SIBS, de que ainda é administradora não executiva. Foi uma das primeiras mulheres no board da CGD e também a primeira presidente da Bolsa de Lisboa desde a sua criação em 1769, cargo que ocupou entre junho de 2016 e março de 2017.

Formada em Economia pela Universidade Nova de Lisboa, fez um MBA pelo INSEAD com honras (lista de Dean), completou o Programa LCOR na Harvard Business School, e fez formação em Gestão no MIT e em Estratégia Digital no INSEAD. Contribuiu ainda para o livro “Conquistar o Futuro da Europa” e lecionou no Programa Executivo (PAME) da Universidade Católica de Lisboa.

 

Como se atualiza logo de manhã?

Leio os resumos de imprensa e passo os olhos pelos minhas secções preferidas (tipicamente as de opinião).

A estação/programa de rádio que ouve?

A que estiver sintonizada no carro – normalmente, a TSF ou a Rádio Comercial -, mas admito que ouço pouco rádio.

As newsletter que subscreve?

Vou saltitando e acho que tenho muitas subscritas, talvez demasiadas e em diferentes formatos. Vou acompanhando a Harvard Business Review, The Economist e a Wired. E porque gosto de cozinhar também o NYT Cooking.

A app que não dispensa?

Spotify e CaixaDireta.

O livro que está a ler?

Tenho o hábito, que me dizem ser estranho, de ler vários livros ao mesmo tempo. Atualmente, estou a ler A Memory Called Empire, de ficção cientifica;  The Epigenetics Revolutionsobre um tema que me suscita enorme curiosidade, o progresso científico nas áreas da biologia e genética; e um livro de uma beleza absolutamente arrebatadora, de D. Tolentino Mendonça, A Noite Abre Meus Olhos.

A banda sonora para energizar?

Neste momento, a banda sonora de uma série televisiva, The New Pope – entre o Good Time Girl e a reinterpretação do (All Along The) Watchtower, deixa-me sempre bem.

O restaurante para negócios/trabalho que recomenda?

O Valverde, na Avenida da Liberdade.

Parceiros Premium
Parceiros