Quinoa, a disputa andina

 

Em 2013, a quinua ou quinoa foi celebrada com um ano internacional e a ONU classificou como um produto estratégico para a segurança alimentar. Ao mesmo tempo tornou-se um alimento da moda no mundo ocidental que está em busca do santo graal dos alimentos saudáveis e orgânicos. Denominado agora o grão de ouro andino viveu durante os últimos séculos ostracizado pelo trigo e a cevada. Era consumido pelas populações andinas mas o seu valor de mercado era baixo. Mas desde que se tornou um produto com mercado com o preço a passar de 30 dólares por quintal ( cerca de 36 quilos) em 2009 para 300 em dezembro de 2013. O artigo conta a história de como a Bolívia, nos últimos 20 anos, fez tudo para criar um mercado internacional e agora o Peru conquistou a liderança mundial na produção e exportação de quinoa.

A guerra pelo ‘grão de ouro’ andino, El Pais Brasil
Quinua: la revolución del grano de oro, El País