As Executivas das empresas cotadas

Há um impulso Sonae na feminização da gestão das empresas cotadas em Bolsa com nove mulheres nas administrações da Sonae, Sonae Capital e NOS. Na Sonae Capital, Ivone Pinho Teixeira é a chief-financial oficcer e Cláudia Azevedo, que também é administradora não executiva na NOS, é a CEO. Nesta empresa de telecomunicações a filha de Belmiro de Azevedo senta-se no Conselho de Administração com Isabel dos Santos, Catarina Tavira, Lorena Fernandes e a administradora executiva, Ana Paula Marques. Na Sonae estão duas administradoras não executivas, a especialista em distribuição, Christine Cross, e Tsega Gebreyes, empresário de origem etíope que um império empresarial na África do Sul.

Existem 40 mulheres administradoras em empresas cotadas na Bolsa. No entanto, em funções executivas encontram-se doze. Na liderança executiva encontram-se Cláudia Azevedo (Sonae Capital), Isabel Vaz (Luz Saúde), Rosa Cullel (Media Capital) e Pansy Catilina Chiu King, filha de Stanley Ho, na Estoril-Sol. Por sua vez a Vista Alegre Atlantis, com Alexandra Lopes e Helena da Bernarda, e a os CTT, com Ana Maria Jordão e Dionízia Ferreira, destacam-se pelo facto de terem duas mulheres como administradora executivas.

  

Mulheres nas empresas da bolsa

BCP – Maria Conceição Lucas

BPI – Celeste Hagatong

CTT – Ana Maria Jordão

CTT – Dionízia Ferreira

Estoril Sol – Pansy Catilina Chiu King, presidente

Luz Saúde – Isabel Vaz (CEO)

Media Capital – Rosa Cullell (CEO)

Nos – Ana Paula Marques

Sonae Capital – Maria Cláudia Teixeira de Azevedo, CEO,

Sonae Capital – Ivone Pinho Teixeira, CFO

Vista Alegre Atlantis – Alexandra da Conceição Lopes

Vista Alegre Atlantis – Helena da Bernarda, vice-presidente

Ler Mais

http://economico.sapo.pt/noticias/as-mulheres-da-bolsa_221803.html