4 maio 2018

Algumas pessoas divertem-se com a sua maldade. Nunca são tão felizes como quando estão provocando a confusão. E, embora muitas vezes estejam dispostas a semear as ervas daninhas ou a colocar o nariz onde ninguém as chama, tomam cuidado para não atrair a atenção e fazem-no sem serem vistas. São os mestres da provocação sutil, a crítica cuidadosamente elaborada que se aloja no seu subconsciente e torna a sua vida impossível. Se uma determinada pessoa tentar provocá-la, resista à tentação de saltar. Será muito mais lucrativo se a ignorar e seguir o seu caminho.