14 maio 2018

Quando detestamos mais perder do que nos encanta ganhar, presumivelmente gostamos de jogar, de desafiar e odiamos os empates. Posto isto, proponho que se anime a sair da sua zona de conforto e explore todos os golpes do seu repertório. Contudo, o verdadeiro objectivo não é derrotar quem está do outro lado, é pôr a trabalhar as suas habilidades e preparar-se para os desafios que tem pela frente. Se desfruta desta prática, é provável que tenha mais êxito.