A agenda de Patrícia Dias

A diretora de comunicação da Chefs Agency tanto pode estar em Lisboa, como no Fundão ou no Algarve. Pelo meio há viagens internacionais. No regresso compensa o tempo perdido indo buscar os três filhos mais cedo ao colégio.

Patrícia Dias carrega as baterias no ginásio e tem uma energia contagiante.

Com viagens praticamente todas as semanas e almoços de trabalho quase todos os dias, Patrícia Dias, diretora de comunicação da Chefs Agency, tens os dias muito preenchidos. Mas dá conta do recado, pois dinamismo e profissionalismo são duas palavras que a definem.  Extrovertida, fez carreira na área da comunicação pois desde muito cedo que percebeu que adora falar com pessoas, partilhar ideias, iniciar projetos e abraçar novos desafios. Foi assim que nasceu a sua agência de comunicação estratégica e organização de eventos na área da gastronomia. “Prestamos um serviço integrado que potencia a notoriedade dos nossos clientes através de comunicação, eventos estratégicos e consultoria nas áreas de Food, Wine, Travel and Lifestyle”, define.  A Chefs Agency, que já acumula sete anos de experiência, é a sua quarta filha. os outros três são de carne e osso e são a menina dos seus olhos.

 

 7h 15

“O despertador costuma estar programado para esta hora mas muitas vezes a minha filha Francisca, de 2 anos, acorda mais cedo e vem ter à nossa cama a cantar a música do Bom Dia que aprendeu no colégio! Um verdadeiro serviço de despertar mas não há hipótese de acordar mal-disposta.  Por norma, sou eu que preparo o pequeno-almoço para todos, entre sumo de laranja natural e torradas. A Constança de 8 anos já se veste sozinha, pelo que fico com a logística de vestir e preparar o Salvador de 5 anos e a Francisca para que o meu marido os leve ao colégio.

8h 30

Vou direta ao ginásio e é a “minha hora”, como costumo dizer. Tento ir pelo menos três vezes por semana e, mesmo nos dias em tenho reuniões cedo ou que tenho de viajar, faço questão de ir pelo menos correr uns 20 minutos numa passadeira. Tenho uma rotina diária muito intensa e sinto que o exercício físico é imprescindível para desanuviar um pouco do stress, organizar ideias e, simultaneamente “carregar baterias”.

10h

Chego ao escritório e dou prioridade às tarefas de gestão da empresa e, de seguida, organizar a agenda, quer para o próprio dia quer para as semanas seguintes. Temos clientes de vários pontos do país, o que envolve viagens praticamente semanais para fora de Lisboa. Tento sair apenas uma vez por semana mas nem sempre é possível. Esta semana terei de ir ao Algarve onde fazemos a comunicação de dois restaurantes estrela Michelin, São Gabriel e Bon Bon, para além do resort Monte Rei. Esta altura do ano, que antecipa o Verão, é a mais intensa a nível de comunicação destes espaços a sul.

Os almoços são habitualmente a trabalhar: a acompanhar imprensa nos restaurantes ou a apresentar os vinhos dos produtores

11h 30

Estamos a iniciar a campanha das Cerejas do Fundão, que este ano assume uma dimensão ainda maior, com a Rota Gastronómica da Cereja do Fundão a decorrer em simultâneo em Lisboa, Porto e Algarve. O novo restaurante do chef Vincent Farges está em vias de abertura e acabámos de colocar o seu site online.

13h

Os almoços são habitualmente a trabalhar. Ou a acompanhar imprensa nos restaurantes que comunicamos ou a apresentar os vinhos dos produtores de vinho que gerimos. Nos poucos dias livres que tenho aproveito para conhecer novos espaços.

15h

O planeamento das ações em curso para os clientes são discutidos com a equipa. Estamos a preparar a 2ª edição do Pineapple Week – Hotel à Mesa, evento desenvolvido pela Chefs Agency para dinamizar a restauração inserida em hotéis. A inauguração da adega do produtor Caminhos Cruzados está para breve e estamos a preparar o evento de apresentação à imprensa. Na próxima semana estarei em Barcelona durante três dias a trabalhar num projecto europeu relacionado com a Dieta Mediterrânea pelo que é necessário concluir os planos de comunicação relacionados com o tema. Estamos a preparar um evento muito especial com a Quinta de Lemos, com logística que envolve barcos e uma viagem que será inesquecível.. 😉

17h

Acompanhar uma reportagem agendada na Tasca da Esquina com o chef Vítor Sobral. O seu 50.º aniversário deu-nos o mote para muitos artigos de comunicação deste que é uma referencia da gastronomia nacional. No próximo mês estamos a preparar uma festa de Verão no Sheraton Lisboa e ainda passo pelo hotel para uma visita técnica.

19h

Tento chegar a casa para ainda conseguir ajudar na logística dos “banhos infantis” e do jantar. Normalmente o Pedro chega mais tarde e espero por ele para jantar. A energia dos meus três filhos a brincarem, a maioria das vezes juntos, é incrível e é sem dúvida o melhor momento do meu dia! Quando tenho jantares de trabalho tento sempre passar por casa antes da hora de jantar para os ver e conseguir pelo menos brincar uns minutos com eles. Quando viajo e tenho de ficar a noite fora fazemos chamadas de Face-time e tento compensar no dia seguinte a ir buscá-los mais cedo ao colégio para recuperar o tempo perdido.

20h 15

Ler histórias antes de deitar as crianças e ter finalmente algum tempo com o meu marido, conversar, descontrair ou ver um episódio da Netflix. Volto muitas vezes para o computador para acabar algumas coisas que sejam mais urgentes ou que queira organizar para o dia seguinte. Quando conseguimos convencer os avós a virem fazer de babysitter tentamos ir jantar fora os dois, ir a um concerto ou simplesmente ir correr juntos à beira rio…”