Após 12 anos no conselho de administração da Meta, Sheryl Sandberg, ex-braço direito de Mark Zuckerberg, anuncia que vai abandonar o cargo e que passará a ser apenas conselheira da big tech.
Para Michelle Obama, nem sempre é suficiente ser mais assertiva e determinada na luta pela progressão profissional feminina, a estratégia defendida por Sheryl Sandberg no seu bestseller, 'Lean In'. E um estudo recente parece dar-lhe razão. Mas a verdade é que Sandberg nunca disse que a responsabilidade era unicamente das mulheres...
Partindo da dolorosa experiência pessoal que foi perder o marido há quase dois anos, a COO do Facebook escreveu sobre resiliência e sobre como podemos reinventar-nos perante a adversidade. O novo livro é lançado nos Estados Unidos a 24 de abril.
A propósito do Dia da Mãe, assinalado nos Estados Unidos a 8 de maio, a número 2 do Facebook publicou um sentido testemunho nesta rede social, no qual reclamou maior apoio para as mães que trabalham e criam os seus filhos sozinhas.
Mesmo mulheres em cargos de direção são alvos fáceis de determinados comportamentos que minam o seu desempenho e as desvalorizam. Sheryl Sandberg, COO do Facebook, e Adam Grant, professor de Wharton, explicam como isso acontece.
Desde que assumiu a vice-presidência do Facebook que Sheryl Sandberg se tornou uma inspiração para milhões de mulheres. Há um mês, perdeu o marido subitamente. Numa carta publicada no Facebook faz-lhe uma sentida homenagem e abre o seu coração.
Parceiros Premium
Parceiros