8 dicas para regressar ao trabalho com mais energia

Para muitas profissionais, esta é a semana de regresso ao escritório, depois de um muito merecido descanso de férias. Mas nem tudo tem de ser stresse e suspiros pelo fim dos dias de praia. Algumas estratégias simples podem ajudá-la a voltar ao trabalho cheia de energia e bom humor.

Nos primeiros dias depois das férias, há que priorizar tarefas, não perder demasiado tempo com a sua inbox... e tentar divertir-se um pouco.

O regresso ao escritório depois das tão merecidas férias pode, de facto, ser difícil: a lista de tarefas já acumulou mais uns itens, entretanto, e toda a gente parece procurá-la para resolver emergências que não param de chegar, tudo isto a juntar a uma nostalgia precoce dos deliciosos dias de mar e despreocupação em fato de banho, das viagens em família ou dos bucólicos ares do campo. Mas o regresso não tem de ser um pesadelo de stresse. Algumas estratégias simples podem fazê-la voltar com mais energia e pronta a dar o seu melhor, como sempre (e sem doer tanto).

Liberte a agenda no primeiro dia

Evite marcar reuniões intermináveis, compromissos importantes fora do escritório ou trabalhos urgentes para completar logo nos primeiros dias de trabalho. O ideal será deixar a agenda do primeiro dia livre, de modo a fazer o acompanhamento do decorrer dos projetos com a sua equipa e chefias e redefinir prazos ou estratégias, como aconselha o coach e orador para a área dos negócios, Michael Kerr, num artigo para o site Business Insider. É uma forma muito menos desgastante de se aclimatizar e organizar.

Organize o espaço de trabalho

Nada como começar com uma pequena limpeza do espaço de trabalho. Dê uma arrumação à secretária, se não o fez antes de ir de férias: abra a correspondência que chegou entretanto, arquive o que for preciso e descarte o que for lixo, livre-se de papelada supérflua de projetos já terminados, de objetos que não usa há pelo menos 6 meses e fique apenas com o mínimo necessário em cima da mesa de trabalho. Quanto mais itens se acumularem na sua secretária, mais a sua atenção se dispersa e mais depressa o seu stresse aumenta.

“Concentre-se em fazer aquilo que já sabe como fazer e que requeira o mínimo de tempo possível. Começar por pequenas tarefas vai aumentar a sua confiança. Pode até sentir-se tentado a ir direito a novos projetos, mas antes da hora de almoço já se estampou ao comprido.” John DiScala, fundador e CEO da plataforma Johnny Jet.

Priorize as tarefas, comece pelo que já conhece

A fórmula da priorização de emergências é simples: trate primeiro do que é importante para a empresa, para o seu chefe ou para a sua lista de projetos. Elabore uma lista de prioridades com tudo o que precisa de fazer nesse dia ou semana, ou mesmo com a calendarização dos projetos que devem ser terminados até ao final do ano.

“Comece pelas tarefas que não terminou antes de ir de férias”, aconselha John DiScala, fundador e CEO da plataforma Johnny Jet, num artigo para o site Inc. “Vai devolver-lhe um sentido de normalidade. Concentre-se em fazer aquilo que já sabe como fazer e que requeira o mínimo de tempo possível. Começar por pequenas tarefas vai aumentar a sua confiança. Pode até sentir-se tentado a ir direito a novos projetos, mas antes da hora de almoço já se estampou ao comprido.”

Evite a armadilha da inbox

É tão fácil ser puxado para o buraco negro da caixa de correio eletrónico, onde já várias dezenas (ou até centenas) de mensagens se acumulam, perdendo quase um dia inteiro e tentando ler tudo na diagonal para não correr o risco de apagar nada potencialmente importante. Numa primeira fase, pelo menos, esqueça a tarefa de responder a toda a gente e não leia os emails por ordem cronológica. Responda apenas àquelas que lidam com assuntos cujos prazos estão a terminar. Ou então, veja apenas as mensagens assinaladas como urgentes, que que foram remetidas por contactos privilegiados e aquelas que parecem importantes, no assunto, e apague tudo o resto sem dó nem piedade, como diz à Forbes a autora e especialista em produtividade no local de trabalho, Laura Vanderkam.

Tire alguns minutos para ligar a um ou dois dos seus clientes mais importantes: assegure-lhes que estão no topo das suas prioridades e comunique que está de volta e ao seu inteiro dispor.

Dê notícias aos seus clientes mais importantes

É uma cortesia simples e vai deixar uma boa impressão de profissionalismo, garante Michael Kerr. “Tire alguns minutos para lhes dizer que estão no topo das suas prioridades e que está de volta, se eles precisarem de alguma coisa.” Mesmo que não se aperceba, este tempo de folga serviu para lhe trazer formas mais criativas de abordar os desafios, como relata John DiScala, a quem bastaram uns dias fora e algum tempo de espera na fila do almoço, logo no regresso ao trabalho, para conseguir desbloquear uma nova ideia para um cliente. “Talvez se tenha sentido frustrada com uma tarefa, antes de ir de férias, por não ter conseguido fazê-la funcionar. Mas depois de estar fora por uns tempos, consegue olhar para as questões de uma forma diferente e oferecer uma nova perspetiva.”

Mantenha a concentração

Se é daquelas pessoas que, em férias, fecha todas as janelinhas virtuais para o mundo e nem quer saber de televisão, redes sociais ou notícias de qualquer espécie, provavelmente é no dia do regresso ao trabalho que a tentação de voltar a olhar para tudo isto é mais forte. O melhor será mesmo adiar um pouco mais a visita aos perfis dos seus amigos ou contactos profissionais nas redes sociais, para se pôr a par das atualizações.

Outro ritual da rentrée é mostrar as fotos das férias aos amigos de trabalho — agende-o para animar a hora de almoço.

Saia a horas

Se puder evitar as noitadas no escritório logo no início da rentrée, faça-o sem hesitações. Muitas vezes sentimo-nos tentadas a trabalhar mais horas para compensar o tempo de férias e dar vazão à lista de tarefas, mas acabará por se sentir mais cansada ao fim do dia e as horas extra serão muito menos produtivas, sobretudo com o ritmo de férias ainda no sistema.

Faça planos para se divertir logo na primeira semana

Chame-lhe uma espécie de câmara de descompressão. Combine um almoço com amigas, chame o grupo do costume para um encontro ao fim da tarde no vosso terraço ou esplanada preferidos; marque um filme ou um jantar com o marido ou namorado, ou um fim de semana fora para breve (vai dar-lhe algo pelo qual aspirar ansiosamente), num lugar onde possa voltar ao contacto com a natureza. Volte ao ginásio para correr com a ansiedade e mau humor destes primeiros dias (o exercício faz maravilhas pela energia e pelo humor). E, sobretudo, tente descansar bem e dormir as 7 ou 8 horas da praxe, para ter uma primeira semana de trabalho produtiva e cheia de energia.