6 formas de manter o foco nas suas resoluções

As resoluções para o novo ano tendem a ser esquecidas em pouco mais de um mês. Mas se podem ser importantes na sua vida, vale a pena insistir.

Se as suas resoluções são importantes para si, dê todos os dias um passo para a sua concretização.

Ainda é muito cedo para desistir das suas resoluções para este novo ano. Está provado que em meados de fevereiro mais de 60% das pessoas tende a abandoná-las, mas não tem de ser assim. Se as traçou como objetivos para este ano é porque acreditou que elas podem mudar a sua vida para melhor. Por isso, vale a pena insistir. Deixamos-lhe seis estratégias que a vão ajudar a levá-las por diante.

1.Pare de adiar a implementação das resoluções

Uma lista sem etapas bem definidas, corre o risco de não sobreviver. Evite a procrastinação, começando já a tentar colocar em prática algumas das resoluções. Se quer passar a ir ao ginásio três vezes por semana, comece já amanhã. Se uma das resoluções é adotar uma alimentação mais saudável para toda a família, quando voltar às compras dê preferências às frutas e legumes e deixe as tentações calóricas nas prateleiras do supermercado.

2.Crie uma nova rotina

Procure incorporar as suas resoluções na rotina diária. Se o objetivo é ser mais produtiva, aproveite o pequeno-almoço para definir as tarefas mais importantes para cada dia. Se quer alargar a rede de contactos, reserve um dia na semana para fazer uma atividade que lhe permita conhecer novas pessoas – e não se limite aos eventos profissionais, pois pode conhecer pessoas importantes para o seu percurso num workshop de cozinha, numa master class no ginásio ou no jantar de aniversário de um amigo.

3.Use alertas para não as esquecer

Uma das razões que a levam a não cumprir a lista de resoluções é simplesmente esquecer-se delas. Não precisa de um lembrete para comer um quadrado de chocolate negro com o café, porque é algo que lhe apetece muito, mas será mais prudente pôr um alerta no telemóvel para se informar sobre a formação executiva que pretende fazer este ano, porque inconscientemente é algo que tende a ir adiando pois sabe que vai alterar a sua rotina e implicar esforço.

4.Arranje tempo para as implementar

Outra das razões que a impedem de concretizar os objetivos é não lhes dar a devida atenção. Não pode ficar à espera que eles se realizem por magia, é preciso criar condições favoráveis para tal. Se nada alterar na sua vida, dificilmente conseguirá fazer coisas diferentes. É preciso agir. Por exemplo, hoje esqueça a sua série favorita e pesquise no Google quais os ginásios que ficam mais próximos do local de trabalho ou de casa, e avalie as opções. Esta informação não lhe vai chegar de outra forma.

5.Pense nos benefícios que trarão à sua vida

É mais fácil cumprir as suas resoluções se pensar frequentemente nas vantagens que elas trarão à sua vida. Se lhe está a ser difícil dar o passo para fazer a tal formação executiva, pense no que poderá alcançar com ela: mais conhecimento, mais networking, mais possibilidades de dar um passo em frente na sua carreira, mais orgulho em si própria por ter conseguido cumprir um objetivo tão desafiante.

6.Avalie os resultados no final de cada mês

Esta é uma das formas mais eficazes de não deixar escapar o tempo por entre os dedos e de garantir que vai mesmo cumprir as suas resoluções para este ano. No final de cada mês, avalie os progressos que conseguiu – quais as que conseguiu pôr em marcha e que tipo de constransgimentos a impediram de adotar as que ainda estão por cumprir – e pense em estratégias a seguir para garantir que será mais bem sucedida no próximo mês.