2ª Conferência de liderança feminina: Teresa Cardoso de Menezes

A diretora-geral da Informa D&B Portugal será a moderadora do painel "Liderança 4.0 - o mindset do novo líder".

Teresa Cardoso de Menezes, diretora-geral da Informa D&B.

Teresa Cardoso de Menezes formou-se em Relações Internacionais e, no 2ª ano do curso, já trabalhava numa empresa de consultoria, onde, com apenas 20 anos, dava formação a pessoas com o dobro da sua idade. Mais tarde candidatou-se a uma vaga de emprego como secretária na Dun & Bradstreet — empresa que detém a maior base de dados empresariais do mundo, com dados de 1,5 milhões de organizações — quando precisou de encontrar um trabalho mais calmo que lhe permitisse terminar o curso, mas a sua experiência anterior em consultoria chamou a atenção dos recrutadores, que a selecionaram para consultora comercial. É, desde 2004, diretora-geral da Informa D&B Portugal, empresa de informação global que integra a rede Dun & Bradstreet, e é uma das profissionais que melhor conhece o tecido empresarial português.

Na 2ª grande Conferência de Liderança Feminina, Teresa Cardoso de Menezes será a moderadora do painel “Liderança 4.0 – o mindset do novo líder”, onde se falará dos desafios tecnológicos que se colocam, atualmente, ao mundo do trabalho e à nova geração de líderes das organizações.

Quais as competências que serão mais valorizadas no líder do futuro?
À medida que a tecnologia incorporar todos os fluxos da empresa e permitir decisões a diversos níveis, as hierarquias vão esbater-se, as empresas vão ficar menos verticais na sua cadeia de comando. Grande parte das relações entre pessoas nas empresas são desenvolvidas sobre a matriz hierárquica vertical e esta situação vai sofrer uma alteração profunda.

Com esta mudança, será necessário aos líderes perceberem o valor de cada colaborador, seja ele qual for, dando condições a todos eles para desenvolverem o seu potencial e o da empresa. E portanto, quando pensamos concretamente em qualidades do líder para o futuro, é sintomático que atributos como a versatilidade, a inteligência emocional, a criatividade ou a capacidade de relacionamento interpessoal – que normalmente designamos por soft skills – estejam a ganhar terreno a outros atributos mais tradicionais e técnicos.

Quais os principais desafios que as novas lideranças enfrentam?
Liderar é saber conduzir pessoas num mundo de infinitas possibilidades. É tomar decisões, fazendo uma escolha entre várias possíveis, de acordo com a informação disponível em cada momento. A grande mudança verifica-se na quantidade de informação disponível, que torna a leitura da realidade uma tarefa muito mais complexa. Esta situação traz um duplo desafio: por um lado, é necessário investir em tecnologia capaz de retirar conclusões de uma grande quantidade de dados disponíveis; e por outro lado, se é certo que vamos progressivamente entregar mais trabalho às ‘máquinas’, também vamos ter de saber integrar melhor as pessoas neste processo de automatização.

À medida que as empresas se aproximarem cada vez mais da automação ou da robotização, é provável que se torne mais claro quais são as qualidades humanas que nenhuma máquina pode substituir. Essas qualidades vão assumir mais importância e cabe aos líderes reconhecê-las e promovê-las.

PROGRAMA

9h00 Receção

9h30 Boas vindas Isabel Canha, diretora da Executiva

9h45 Mesa redonda: Liderança 4.0 – o mindset do novo líder
Reflexão sobre as mudanças tecnológicas e o mundo do trabalho, e os desafios do líder do futuro.
Marta Alarcão Troni, administradora Liberty Seguros, Carla Baltazar, senior manager Accenture, Sara do Ó, CEO Grupo Your, Rui Paiva, CEO WeDo Technologies, Isabel Viegas, docente Católica Lisbon, Teresa Cardoso de Menezes, diretora-geral Informa D&B (moderadora)

10h45 Dueto de líderes
Dois CEO à conversa, sem filtro e sem moderador, sobre liderança feminina.
Isabel Vaz, CEO Luz Saúde, e Filipe de Botton,chairman Logoplaste

11h30 Coffee break

11h50 Mesa redonda: Lições de liderança de CEO
Partilha de experiências, em que se revelam as dificuldades e a forma como foram ultrapassadas, e se transmitem conselhos para construir uma carreira de sucesso.
Carlos Rodrigues, presidente BiG, Susana Carvalho, CEO J. Walter Thompson, Ana Paula Rafael, CEO Dielmar, Soledade Carvalho Duartemanaging partner Invesco Transearch (moderadora)

 

Garanta o seu lugar na 2.ª Grande Conferência Liderança Feminina, que vai regressar ao Auditório Cardeal de Medeiros, da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, no dia 23 de novembro, entre as 9h e as 13h.