2ª Conferência Liderança Feminina: Isabel Viegas

Na 2ª Grande Conferência Liderança Feminina, Isabel Viegas participa no painel “Liderança 4.0 - o Mindset do novo líder”, sobre o impacto das mudanças tecnológicas no mundo de trabalho e os desafios dos novos líderes.

A paridade de género na liderança das empresas e a conciliação entre a vida familiar e profissional são temas prioritários na carreira de Isabel Viegas.

Coordenadora do Programa “Leadership and Career Development for Women in Business”, da Católica Lisbon, onde é também membro do Conselho Estratégico da Formação de Executivos, Isabel Viegas é uma verdadeira agente de mudança no que toca à liderança feminina, diversidade de género nas empresas e conciliação harmoniosa entre a vida familiar e profissional.

Mestre em Políticas e Gestão de Recursos Humanos pelo ISCTE e licenciada em Psicologia pelo ISPA, foi responsável de Recursos Humanos na Marconi e dirigiu esta área também na Jazztel. Entre 2003 e outubro de 2016 foi diretora coordenadora de Recursos Humanos do Santander Totta, onde concebeu e implementou programas de conciliação entre a vida profissional e familiar que levaram a que o banco fosse certificado como a primeira empresa familiarmente responsável em Portugal. Foi ainda durante as suas funções que o Santander se tornou uma das primeiras organizações a fazer parte do Fórum Empresas para a Igualdade, promovido pela Comissão para a Igualdade no Trabalho e na Empresa (CITE), acordo que, até dezembro de 2016, já contava com a adesão de mais de 60 empresas.

Na 2ª Conferência de Liderança Feminina, Isabel Viegas será uma das participantes no painel “Liderança 4.0 — o Mindset do novo líder”, onde se debate o impacto das mudanças tecnológicas no mundo de trabalho e os desafios que se põem ao novo líder.

Quais as competências mais valorizadas nas novas lideranças?
Eu diria que os líderes de hoje têm quatro desafios grandes pela frente: emanar energia, transmitir confiança, serem líderes diversos e inclusivos e, por último, aprender a “servir”.
Ter energia permite-lhes resistir às inúmeras mudanças do mundo das empresas, estar sempre atentos para construir, desconstruir, inovar. Permite-lhes ser resistentes e resilientes.
Transmitir confiança é o “condimento” necessário para levar consigo uma equipa, animando-a, entusiasmando-a à roda de um propósito.
O facto de coexistirem hoje quatro gerações ativas nas empresas, com diferentes perfis, aspirações e necessidades, exige que os líderes sejam capazes de gerir esta diversidade e criar ambientes inclusivos, tirando partido das diferenças.
Com equipas cada vez  mais qualificadas e autónomas, as novas lideranças terão de aprender a “servir” as equipas e não a ser servidos, que foi o paradigma anterior. E este é um “passo de gigante”!

O paradigma de um ambiente de trabalho com uma função, um local de trabalho e um chefe já acabou.

Estão os novos líderes preparados para lidar com as rápidas mudanças que a evolução tecnológica imprime hoje às empresas e à própria vida dos colaboradores?
O paradigma de um ambiente de trabalho com uma função, um local de trabalho e um chefe já acabou. Hoje, uma condição para o sucesso é ter a tecnologia na raiz dos negócios, a suportar, ou melhor, a acelerar todos os processos de uma empresa. Daí que os líderes só podem estar atentos a tudo o que a tecnologia já coloca à sua disposição e à disposição dos seus colaboradores. As equipas virtuais, a flexibilidade, a atenção à sustentabilidade ambiental, o surgimento de novos riscos, a conectividade permanente, são novas realidades para que os novos líderes têm de estar preparados.

 

PROGRAMA

9h00 Receção

9h30 Boas vindas Isabel Canha, diretora da Executiva

9h45 Mesa redonda: Liderança 4.0 – o mindset do novo líder
Reflexão sobre as mudanças tecnológicas e o mundo do trabalho, e os desafios do líder do futuro.
Carla Baltazar, senior manager Accenture, Isabel Viegas, docente Católica Lisbon, Rui Paiva, CEO WeDo Technologies, Teresa Cardoso de Menezes, diretora-geral Informa D&B (moderadora), Sara do Ó, CEO Grupo Your, Marta Alarcão Troni, administradora Liberty Seguros, 

10h45 Dueto de líderes
Dois CEO à conversa, sem filtro e sem moderador, sobre liderança feminina.
Isabel Vaz, CEO Luz Saúde, e Filipe de Botton,chairman Logoplaste

11h30 Coffee break

11h50 Mesa redonda: Lições de liderança de CEO
Partilha de experiências, em que se revelam as dificuldades e a forma como foram ultrapassadas, e se transmitem conselhos para construir uma carreira de sucesso.
Ana Paula Rafael, CEO Dielmar, Susana Carvalho, CEO J. Walter Thompson,  Carlos Rodrigues, presidente BiG, Soledade Carvalho Duartemanaging partner Invesco Transearch (moderadora)

 

Garanta o seu lugar na 2.ª Grande Conferência Liderança Feminina, que vai regressar ao Auditório Cardeal de Medeiros, da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, no dia 23 de novembro, entre as 9h e as 13h.