PWN Lisbon lança Women on Boards

A PWN Lisbon dá mais um passo para acelerar a progressão das mulheres na gestão de topo das organizações, com um inovador programa com o qual espera espera influenciar o pipeline de talento feminino disponível em Portugal.

O WOB espera conseguir nomeações concretas.

A Professional Women’s Network Lisbon (PWN Lisbon) lançou o Women on Boards (WOB), um programa inovador em Portugal desenhado de raiz para alavancar a maior participação das mulheres na gestão de topo das organizações.

Em linha com as melhores práticas já estabelecidas na PWN Global – organização com a missão de promover o progresso da carreira profissional sustentável das mulheres – e seguindo a visão da União Europeia nos processos de aceleração da presença de mais mulheres na liderança, o WOB tem como objetivo identificar as mulheres com o perfil, o percurso e as competências adequadas ao desempenho de funções de topo, públicas e privadas.

Através deste programa inovador, será possível criar sinergias e potenciar o encontro entre as profissionais e as organizações, com benefício para o tecido empresarial e a sociedade portuguesa no global. O programa está orientado para a retenção do talento nas organizações e para a integração de programas de desenvolvimento profissional exclusivos e o acesso aos stakeholders mais relevantes, na ótica das profissionais destacadas.

No lançamento do WOB, Ana Torres,  presidente da PWN Lisbon, destacou o sucesso que ele tem tido em outras cidades europeias e na importância em trazê-lo para Portugal. “É sem dúvida mais uma iniciativa inovadora da PWN Lisbon para a promoção e o apoio às mulheres, nas suas carreiras”, destacou. Mariana Branquinho, coordenadora do programa, defendeu que “é necessário desconstruir o argumento de ‘falta de talento disponível’ e o WOB é nesta medida um elemento facilitador que proporciona o encontro entre empresas e potenciais candidatas a cargos não executivos de administração”.

A PWN Lisbon espera conseguir com este programa nomeações concretas, promover a discussão pública e influenciar o pipeline de talento disponível em Portugal.

Com a adesão de administradores e executivos seniores de grandes grupos económicos e de empresas dos mais diversificados setores a operar em Portugal, o arranque do WOB representa para a PWN Lisbon um ponto de partida para o envolvimento de todos os stakeholders de relevo em torno da valorização da temática do género, cada vez mais premente e inevitável.