Como projetar confiança… quando não a tem

Acontece a todas – trabalhar arduamente num projeto e chegar ao dia da apresentação e deixar que a ansiedade e os nervos sejam os protagonistas. O mais importante é que ninguém se aperceba. Descubra como projetar confiança mesmo quando não a tem.

Um sorriso simpático é um bom ponto de partida para conquistar a audiência.

Está provado que simular confiança ajuda a que os outros pensem que é auto-confiante, e acaba por contribuir para que confie mais nas suas capacidades. Como? Quando começa a expôr uma ideia e nota que a plateia, seja uma, dez ou cem pessoas, a escutam com atenção, a sua insegurança começa a desvanecer-se, o seu tom de voz ganha mais firmeza e assertividade, tornando a mensagem que pretende transmitir mais credível. 

Siga alguns conselhos que a ajudam a chegar a uma apresentação com os níveis de confiança acima do mínimo, para que rapidamente consiga conquistar o interesse da audiência.

Ponha as coisas em perspetiva

Muitas vezes ficamos tão focadas numa situação que perdemos a perspetiva do plano geral. Da próxima vez que se sentir numa situação crítica pergunte-se: Se eu arruinar esta reunião ou apresentação, qual é a pior coisa que pode acontecer? Por mais importante que seja aquele momento para a sua carreira, não está numa situação de risco de vida, e isto vai ajudá-la a acalmar-se e a aumentar a sua confiança.

Converse com outras pessoas que não conhece

Dizer-se a si própria que está nervosa não a vai ajudar, pelo contrário vai exacerbar o nervosismo e desconforto. Antes de entrar na numa reunião importante procure descentrar-se do que a preocupa. Converse com outras pessoas, conhecidas ou não, faça perguntas sobre elas e evite falar sobre o tema da sua apresentação. O objetivo é distrair-se para se acalmar. 

Aja sem hesitações

É importante que pareça uma pessoa decidida. O segredo para defender as suas ideias sem hesitações e muita convicção é fazer uma boa preparação. Quanto melhor dominar o tema, mais à vontade se vai sentir e mais fluído e confiante será o seu discurso. 

Mude o guião

Mude a perspectiva das coisas negativas e veja o lado positivo em todas as situações. Por exemplo, se for a uma entrevista de emprego diga Tenho um ano de experiência nesta área” ao invés de Só tenho um ano de experiência.

Ligue a um amigo

Por vezes dizer a si próprio o quão boa e competente é não é suficiente e precisa de ouvi-lo dos outros. Como tal, telefone a um amigo, uma conversa de incentivo de poucos minutos vai-lhe dar a confiança necessária para determinada reunião.

Vista-se a rigor

Vista-se de acordo com o cargo que quer e não o que tem. Se tem um desafio pela frente vista-se de forma a sentir-se à altura do que pretende defender – e isto inclui não apenas a roupa, mas os sapatos, a carteira e até o cabelo e a maquilhagem. Sentir-se bem é fundamental para aumentar a sua confiança. 

Imagine que ninguém a está a observar

Seja você mesma. Se todos nós pensarmos sobre o que estão os outros a pensar de nós, vamos estar sempre a pensar no mesmo, sobre nós próprios e não sobre os outros. Foque-se na audiência e na melhor forma de transmitir a sua mensagem. Não se distraia a tentar decifrar o que está o seu chefe a pensar da sua apresentação, o mais importante no momento é mostrar que sabe do que está a falar.

Adote uma pose de poder

Na sua famosa TED Talk, Amy Cuddy explicou como até pequenas mudanças na sua linguagem corporal e postura fazem parecer que transpira confiança. Experimente a pose “Mulher-Maravilha” – ponha as mãos nas ancas enquanto está de pé ou sente-se com as pernas mais afastadas, ajustando o seu corpo de forma a ocupar mais espaço e sentir-se mais poderosa.