A generosidade no trabalho compensa?

Que colaboradores são mais benéficos para as empresas: os generosos, os oportunistas ou os que têm um pouco de ambos? Este é um vídeo obrigatório para quem ocupa funções de gestão.

Colaboradores generosos ajudam os colegas e a organização.

A generosidade pode transformar-se numa das melhores aptidões profissionais e ajudar carreiras e empresas a prosperar. Adam Grant, psicólogo organizacional, reflete, nesta conferência TED, sobre os tipos de pessoas que têm mais sucesso ou que podem ser mais benéficas para as organizações: as generosas (givers) que estão sempre disponíveis para ajudar os outros; as oportunistas (takers) que procuram retirar mais benefícios do trabalho do que aquilo que dão; ou aquelas que conseguem um equilíbrio entre o dar e o receber (matchers). Adam explica quem são os mais importantes para as organizações e como é que elas podem tirar o melhor dessas pessoas ao mesmo tempo que as protegem. Veja o vídeo aqui.