O que deve fazer pela carreira (e que não tem a ver com trabalho)

O sucesso da sua carreira não se define apenas pela sua atitude no local de trabalho. Fernanda Barata de Carvalho, diretora de Recursos Humanos da Accenture, defende que a forma como conduz a sua vida pessoal influencia, e muito, o seu sucesso profissional.

A forma como conduz a sua vida influencia o sucesso na sua carreira.

A progressão na carreira profissional depende não só do nosso conhecimento dentro da área em que trabalhamos, como também, e muitas vezes com peso ainda maior, do nosso comportamento e características pessoais. Não existe a “pessoa do trabalho” e a “pessoa da vida particular”, por mais que alguém tente todas as ações do nosso dia a dia fazem parte integrante do nosso ser, dos nossos valores e daquilo em que acreditamos.

Existem muitas ações e atitudes que podemos levar a cabo pela nossa carreira de forma direta e indireta. Muita é a bibliografia existente que descreve milhares de maneiras de chegar ao topo de uma carreira entre 5 dias e 5 anos… No entanto, recomendo que se foquem nas que não são muito complexas e que normalmente decorrem da nossa vivência e da nossa capacidade de olhar o mundo.

  1. Aceitar – podemos mudar muita coisa, mas há situações em que tal não é possível. Nessa altura, aceitar o mundo que nos rodeia e as situações que se deparam na nossa vida é muito importante para poder seguir em frente e caminhar para um objetivo, redefinindo novos passos e nova rota para percorrer esse caminho se necessário for.
  1. Agradecer e Aprender – todos os dias por todas as coisas que nos acontecem. Agradeça as boas e aprenda com as más, acreditando que tudo faz parte do seu crescimento como pessoa.
  1. Ajudar – porque é nossa responsabilidade enquanto seres humanos ajudar o próximo sem desculpa da falta de tempo ou capacidade monetária. Simples gestos que não nos custam muito podem fazer a diferença na vida de outra pessoa.
  1. Alimentação equilibrada e dormir – mais do que saudável a alimentação equilibrada para cada um de nós faz toda a diferença entre o viver bem e com energia e as constantes perdas de vitaminas e cansaço de quem não come de forma equilibrada e várias vezes ao dia. E dormir convenientemente é igualmente importante, sem televisão, sem ruídos, simplesmente dormir 6 a 8 horas por noite. O organismo regenera-se durante a noite e este sistema de regeneração ao ser interrompido com frequência pode, a longo prazo, ter consequências nefastas no organismo.
  1. Conhecer melhor o nosso “eu” – tente conhecer melhor os seus pontos fortes, em vez de procurar melhorar as fraquezas. A maior oportunidade para o sucesso está em desenvolver os seus talentos naturais e usá-los mais frequentemente e de um modo mais consciente, a fim de transformar esses pontos fortes em verdadeiras forças: a capacidade de fornecer um desempenho consistente quase perfeito.
  1. Exercitar o corpo e a mente – se não gosta de ginásio ou de correr maratonas não tem desculpa para não se mexer, basta andar a pé ou de bicicleta, nadar, pular com os filhos. O importante é mexer os músculos e garantir resistência física. Igualmente importante é a meditação, com mindfulness por exemplo, como técnica para relaxar, mas essencialmente para focar no presente, na importância de um tempo só para si.
  1. Promover o networking – conhecer bem a sua rede de contactos e promover uma abertura para conhecer melhor o próximo, seja numa reunião de amigos ou de trabalho.
  1. Ser autêntico – sempre que criamos uma imagem falsa para o exterior, que não corresponde àquilo que somos, acabamos por não colher bons frutos. Há que realçar o que se tem de verdadeiro e genuíno, o que o torna diferente e o distingue dos outros, tendo por base a autenticidade.
  1. Ser destemido – os millennials são por natureza mais aventureiros, mais abertos e multifacetados em experiências do que as gerações anteriores. Utilize o facto de ser um “cidadão global” como uma vantagem e abrace os desafios que surgem com uma atitude destemida e uma mentalidade para mudar o mundo.
  1. Ser criativo – encontre novas soluções que demonstrem a sua criatividade, seja curioso e traga novas ideias para o trabalho, contribuindo para a inovação. Faça perguntas inteligentes e desafie o status quo.

A tomada de consciência destes atos e comportamentos, com treino e aplicando-os no dia-a-dia de cada um, dará lugar a oportunidades extraordinárias em experiências de carreira significativas!