Acha que tudo o que é saudável ajuda a perder peso?

Se a sua resposta a esta pergunta for positiva, prepare-se para uma desilusão. Pode ter um lobo disfarçado de cordeiro nas suas saladas.

As saladas são opções saudáveis, mas umas mais do que outras.

É verdade, os legumes, vegetais e cereais são das opções mais saudáveis na alimentação, mas nem todos contribuem para a perda de peso. Estes alimentos possuem qualidades nutricionais muito diferentes e por isso a sua influência nas alterações de peso será igualmente diversa. Um estudo publicado por um grupo de investigadores da Harvard School of Public Health, liderado por Eric Rimm, acompanhou as dietas de mais de 130 mil adultos, durante mais de 20 anos. Esta investigação revelou não só que certas noções nutricionais mais comuns podem estar equivocadas, como descobriu um vegetal do qual deve fugir a sete pés, se quiser perder peso.

Nos vários regimes alimentares observados nesta experiência, constatou-se que um aumento no consumo de frutas, especialmente com alto teor de fibra como maçãs e pêras, e frutos ricos em antioxidantes, como as bagas, são particularmente eficazes na perda de peso. Chegando mesmo a ser mais eficazes do que um equivalente aumento do consumo de vegetais. Já no grupo dos vegetais, verificou-se uma tendência mais acentuada para a perda de peso no consumo de vegetais crucíferos, como os brócolos e a couve flor, do que nos vegetais de folhas verdes.

Outra confirmação deste estudo é a de que existem alguns lobos disfarçados de cordeiros na categoria de alimentos saudáveis que contribuem para o aumento de peso. Nomeadamente, os que são ricos em hidratos de carbono, como os amiláceos, de entre os quais o mais conhecido é a batata. Outros tubérculos como o nabo, a beterraba, a cenoura e a abóbora, são igualmente ricos em amido, contribuindo para índices glicémicos mais altos. Porém, o que se destaca como sendo uma autêntica bomba calórica é o milho, devido à concentração de amido e ao alto índice glicémico. A sua ingestão conduz a picos de glicémia muito elevados no sangue, o que aumenta ainda mais o apetite pelas suas bagas adocicadas e amarelas. Conclusão, se o seu objetivo é perder peso deve controlar a quantidade de milho que inclui na sua alimentação.

Parcerios Premium
Parcerios